top of page

Orgasmo Tântrico: descubra os benefícios para atingir o prazer

Atualizado: 29 de jun. de 2022

Antes de tudo, sejamos sinceros; qualquer tipo de orgasmo é uma experiência incrível, que nos proporciona sensações extraordinárias e nos faz “delirar” de prazer.

Entretanto, boa parte das pessoas desconhecem que o ser humano é capaz de experimentar orgasmos muito melhores e mais profundos com o Tantra. No orgasmo tântrico, o intuito é rejeitar a timidez, a crítica e aproveitar o momento.

Trata-se de um aprendizado que ultrapassa limites físicos. Na técnica do Tantra, os orgasmos ganham uma importância diferente, pois é capaz de conectar o corpo e a mente.

Afinal, o que é o orgasmo tântrico?

De modo resumido, esse tipo de orgasmo acontece no corpo inteiro.

Muitos costumam dizer que se trata de um hiperorgasmo, pois, de acordo com o Tantra, todo o corpo entra em harmonia e, quando a sensação orgástica chega, percorre o organismo por completo.

Como o orgasmo é um fenômeno neuromuscular, pode ser vivenciado pelos músculos e nervos por todo o corpo. É nisso que o Tantra se concentra.

O uso do orgasmo tântrico como terapia

Diversos médicos do século XX já utilizaram a terapia orgástica. Inclusive, foi nesse contexto que os primeiros vibradores surgiram; como forma de levar mulheres ao êxtase para o tratamento da chamada “histeria” no período.

No Tantra, o orgasmo tem como intuito colocar o indivíduo em um estado de expansão da consciência, lhe dando a oportunidade de se libertar do ego por um tempo prolongado.

Então, em vez do indivíduo experimentar somente um “sopro” do orgasmo convencional — vivenciado na masturbação e relações sexuais comuns — poderá alcançar uma explosão energética por um período maior de tempo.

A palavra Tantra significa “expansão e libertação”. Portanto, o orgasmo relacionado a essa prática representa uma profunda experiência de expansão, que envolve a perda dos limites corporais e a integração da energia existencial.

Quais as diferenças entre o orgasmo tântrico e o comum?

Como você já deve imaginar, o orgasmo comum e o tântrico se diferem em inúmeros aspectos. No orgasmo tradicional, é comum nos concentrarmos somente nas áreas erógenas e genitais do corpo.

No orgasmo tântrico, os praticantes da técnica voltam suas emoções sobre as zonas erógenas, gerando um efeito colateral d expansão do corpo ao redor do sexo. Aqui, ocorre uma visão unificada da relação sexual, no qual o corpo inteiro participa do prazer.

Por outro lado, o orgasmo tradicional acompanha uma rápida queda de energia, tanto nos homens quanto nas mulheres. É algo semelhante a uma descarga, seguida de uma intensa sensação de relaxamento.

Com o Tantra, é possível vivenciar a livre circulação da bioenergia. Portanto, no final da relação, há uma recuperação da vitalidade, acompanhada de uma sensação de plenitude que flui por todo o corpo por um tempo prolongado.


Fernanda Pacheco é Nutricionista, Coach de Relacionamento e Sexualidade e Especialista parceira da Clínica Rafael Haddad.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O que fazer quando a saudade aperta?

Saudade. Aquela palavra tão portuguesa, tão nossa. Uma sensação que é difícil de explicar, mas tão fácil de sentir. Quem nunca foi acometido por uma onda de saudade que traz consigo lembranças doces e

Teia de aranha em relacionamentos tóxicos

O que são relacionamentos tóxicos? Relacionamentos tóxicos são como aquelas plantas carnívoras que vemos nos filmes de terror: a princípio, parecem atraentes e inofensivos, mas no fundo são devoradora

Como superar a dor do coração partido?

Para saber mais, acesse: https://sites.google.com/view/liberdadeemocional/p%C3%A1gina-inicial Compreendendo a dor do coração partido A dor do coração partido é uma experiência emocional intensa e desa

Comments


bottom of page