top of page

A dependência emocional e a dificuldade de lidar com o término de relacionamentos.


O término de um relacionamento é um momento delicado e cheio de desafios emocionais. Para algumas pessoas, no entanto, a dificuldade em lidar com essa situação é intensificada pela dependência emocional. Vamos explorar a relação entre a dependência emocional e a dificuldade de superar o término de relacionamentos, destacando a importância de compreender e enfrentar esse padrão para conquistar a libertação emocional.

Estudos psicológicos têm investigado a dependência emocional e como ela influencia a forma como lidamos com o término de relacionamentos. Segundo a pesquisa realizada por Feeney e Noller (1990), intitulada "Attachment Style as a Predictor of Adult Romantic Relationships", indivíduos com tendência à dependência emocional têm maior dificuldade em se adaptar à separação, apresentando níveis mais elevados de ansiedade, tristeza e solidão após o fim do relacionamento.

A dependência emocional se caracteriza por uma necessidade intensa de aprovação, validação e segurança provenientes do relacionamento. Nesse contexto, a pessoa dependente acaba colocando o(a) parceiro(a) no centro de sua vida e negligenciando suas próprias necessidades e bem-estar emocional. Essa ligação desequilibrada dificulta a aceitação da perda, tornando a superação do término um desafio árduo.

Além disso, estudos recentes, como o de Spielmann et al. (2013), intitulado "Suffocation of the Romantic Self: From Fear of Commitment to Fear of Being Single", mostram que a dependência emocional pode criar um medo paralisante de ficar sozinho(a), levando a uma resistência em deixar o relacionamento mesmo que seja insatisfatório. Essa dificuldade em lidar com o término está diretamente relacionada à dependência emocional e à falta de autoestima e autonomia emocional.

A superação da dependência emocional e da dificuldade em lidar com o término de relacionamentos requer um processo de autodescoberta e autotransformação. É fundamental buscar apoio profissional, como terapia individual ou em grupo, para explorar as raízes da dependência emocional, desenvolver habilidades de autorreflexão, fortalecer a autoestima e aprender a lidar com as emoções de maneira saudável.

Enfrentar a dependência emocional e superar a dificuldade de lidar com o término de relacionamentos é um desafio, mas é uma jornada essencial para alcançar a libertação emocional e o crescimento pessoal. É preciso reconhecer a importância de cultivar a autoestima, a independência emocional e a autocompaixão. Com o apoio adequado e o compromisso consigo mesmo(a), é possível trilhar um caminho de cura e construir relacionamentos mais saudáveis e satisfatórios.

Bibliografia:

  • Feeney, J. A., & Noller, P. (1990). Attachment Style as a Predictor of Adult Romantic Relationships. Journal of Personality and Social Psychology, 58(2), 281-291.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Teia de aranha em relacionamentos tóxicos

O que são relacionamentos tóxicos? Relacionamentos tóxicos são como aquelas plantas carnívoras que vemos nos filmes de terror: a princípio, parecem atraentes e inofensivos, mas no fundo são devoradora

Terapia que Funciona

1. Introdução à terapia ACT e sua abordagem única A terapia ACT (Terapia de Aceitação e Compromisso) é uma abordagem terapêutica inovadora que tem se destacado por sua eficácia no tratamento de uma va

Como esquecer um ex(amor): uma estratégia terapêutica.

Após o término de um relacionamento, é comum sentir uma mistura de emoções intensas como tristeza, raiva e confusão. Nesse momento delicado, é fundamental encontrar maneiras saudáveis de lidar com ess

Comments


bottom of page